Assembléia de Deus Missionária

Palavras

Ensina-nos a contar nossos dias...

quarta, 24 de maio de 2017

Ensina-nos a contar nossos dias...

Palavras

No ato da concepção, o indivíduo recebe de Deus o dom e a dádiva da vida, sendo que a partir daquele momento, a mãe é a única responsável pelo cuidado, esperança e paciência , pois o dia do nascimento virá, trazendo à luz da vida, uma criança que será entregue à um grande desafio, acredito ser o maior do ser humano, que é o da VIDA.

...Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe, e no teu livro todas estas coisas foram escritas, as quais iam sendo dia a dia formadas, quando nem ainda uma delas havia... Salmos 139.Vs 15 3 16.

A partir daí, somos entregues a morte todo o dia. O corpo formado, como tabernáculo corruptível, inicia sua trajetória de luta por sobrevivência, vencendo diariamente, a fragilidade da matéria humana. Iniciam-se as cólicas e desconfortos comuns nos  bebês, sendo enfrentados pelos pais e pela ciência, buscando minimizá-los ou até mesmo, extirpá-los do corpo. Entretanto, essa casa é corruptível.

...Porque, sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus... II Cor 5.1.

A vida continua, a criança se desenvolvendo, recebendo uma carga de ensinamentos, princípios e  padrões de conduta que nortearão o desenvolvimento da vida futura, levando-o  a trilhar caminhos escolhidos e decididos por ele, baseado em um conjunto de normas e princípios culturais, que os levarão a viver e colher exatamente o que semeou no passar do tempo.

...Não erreis; Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.. Gál 6.7

Enquanto criança, dependente e frágil, alguém toma decisões em seu lugar, porém, em um determinado momento de maturidade psicológica, o cidadão passa a decidir suas escolhas. 

Decide que roupa vai usar, que comida vai comer, que profissão vai exercer, com quem vai se casar, quantos filhos vai ter e de que maneira vai educa-los. Essas decisões são uma conjunção de valores que certamente traçarão o caminho a seguir, porém, a vida nos dada por Deus, que iniciamos falando no início deste artigo, não se resume somente aqui. Vai muito mais além.

...Ensina-nos a contar nossos dias, de tal maneira que alcancemos coração sábio...Sal 90.12

...Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens...I Cor. 15.Vs 19

Essa conjuntura de decisões e escolhas nesta vida, nos remeterão a uma eternidade, que certamente teremos que encará-la, dando conta de todas as obras, sendo elas boas ou más. Nos levarão ao céu ou inferno. A Deus ou Diabo. A morte eterna ou vida eterna.Pense nisso...Pr. José Renato de Oliveira